sábado, 5 de março de 2016

VIVÊNCIA ARTETERAPÊUTICA - AS MULHERES DE CHICO


Vivência realizada no consultório...

A sensibilização foi realizada a partir da letras das músicas de Chico Buarque
Letras espalhadas pelo chão
Letras das músicas que falam da MULHER...



Essa moça tá diferente
Atrás da porta
Bárbara
Luíza
Carolina
Cotidiano
Olhos nos olhos
Joana Francesa
Beatriz
Garota de Ipanema
Iolanda
Mulher Faladeira
Palavra de Mulher
Folhetim
Mulheres de Atenas
Geni


Com as letras... trabalhamos as polaridades - 
 Importante conceito para a Gestalt-terapia.

"processo pelo qual duas realidades, aparentemente opostas, colocam-se uma diante da outra a fim de se excluir mutuamente, como se uma fosse o oposto da outra" (RIBEIRO, 2006, p. 158)



A partir da identificação com as letras das músicas, cada mulher foi convidada a de desenhar... a construir seu AUTORRETRATO.




E posteriormente, 
criativamente... construir um personagem que representasse a sua polaridade.

"Polaridade relaciona-se especificamente com nosso poder de decisão, embora, frequentemente, encontremos no caminho da decisão emoções como o medo, a angústia, a dúvida, que freiam nossa impetuosidade fazendo apelo ao bom senso, à prudência" (RIBEIRO, 2006, p.160)






domingo, 29 de novembro de 2015

A COLAGEM COMO POSSIBILIDADE TERAPÊUTICA

O final do ano se aproxima e, com ele, a necessidade em fechar o que ainda está em aberto. Fechar e abrir são polaridades, processos inseparáveis...!
Venha vivenciar este processo conosco, venha fechar a sua Gestalt e se preparar para o novo ano que logo se iniciará!

Dia 10 de dezembro das 19 às 21h.

Vagas Limitadas!

                  

















quarta-feira, 6 de maio de 2015

A ARTE DE TECER A VIDA E RESIGNIFICAR HISTÓRIAS



VIVÊNCIA EM ARTETERAPIA GESTÁLTICA


Em homenagem ao Dia das Mães!
Venha com a sua mãe, ou com a sua filha, venha tecer ideias, palavras e emoções!
Venha fazer Arteterapia e se encantar com o poder da ARTE!





 


 Histórias foram sendo trazidas, alinhavadas e costuradas!


Cada uma pode se rever nas histórias da vida... buscando identificações e diferenças...


Escolhas foram sendo realizadas... 
 
A forma, o material... 
 


 

 O que cada imagem representava...

 






terça-feira, 5 de maio de 2015

DIA DO ARTETERAPEUTA - 22 de abril!


E o que seria de mim sem a arte pra colorir os meus dias e clarificar as minhas sessões de terapia?!


Este trabalho em especial, representa uma grande vitória, uma prova de que o ser humano pode sim, se render a si mesmo, se redescobrir e se resignificar! 

Presente melhor não poderia ganhar neste dia! 

Feliz por ser Arteterapeuta, feliz em poder ter a arte como aliada!



Após alguns convites, recusados sempre, chegamos a esse belo trabalho!

Nesta sessão, sugeri o barbante como possibilidade: aceito!
Inseri tubos de cola colorida, glitter... aceito!
Finalizamos a sessão com a proposta de utilizarmos outros recursos na sessão seguinte.

Sessão seguinte... ele me pede o trabalho antes mesmo que eu o ofereça.
Convidei-o a experimentar o giz pastel seco... não gostou, sentiu-se incomodado. Não insistir! 
Ofereci o giz pastel óleo: convite aceito!

Antes mesmo de concluir o trabalho, começa a se perceber na imagem, demonstrando compreensão sobre a proposta. 
Ao centro, vê um rosto "dentro é obscuro, vazio" (ele), "isolado da sociedade" (cores).
Se reconhece no trabalho que faz, se reconhece em sua própria obra de arte. 

Na sessão seguinte, a proposta foi para trazer o entorno para dentro de si! Convite negado!

E assim acontece o processo. Cada um tem o seu próprio movimento, o seu próprio limite. O experimentar pode ser um passo possível, o quebrar de uma resistência, mas precisa ser respeitado para que possamos, em algum outro momento, avançar mais um pouco.