sexta-feira, 28 de abril de 2017

GRUPO TERAPÊUTICO

"O grupo é como uma rede, como uma teia de aranha, 
onde cada elemento funciona como um ponto nodal independente, mas psicodinamicamente interligado, agindo como um subsistema, 
onde cada um afeta o outro e é afetado pelo conjunto, 
criando uma matriz operacional" 
(RIBEIRO, 1994, p.35)

"O grupo terapêutico é como o rio procurando o mar, como a flor procurando se transformar em fruto, como a criança crescendo à procura  de sua maturidade" (RIBEIRO, 1994, p. 10)



Estamos aguardando VOCÊ!

domingo, 26 de março de 2017

RELAÇÕES INTERPESSOAIS E COMUNICAÇÃO HUMANA


No dia de ontem aconteceu na 
FANESE (Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe) 
o segundo momento do Módulo 
Relações Interpessoais e Comunicação Humana 
para os alunos dos Cursos de Pós-Graduação LATO SENSO de

Neuropsicopedagogia
Estudos da Tradução, Interpretação e Ensino de Língua Estrangeira
LIBRAS: Tradução, Interpretação e Ensino
Ensino de Língua Portuguesa e Diversidade Linguística
Coordenados pelas professoras
Monica Soares e Mércia Guimarães
mais informações:


Em todos os Cursos de Pós-Graduação da FANESE esta disciplina é ofertada, oportunizando aos alunos um maior contato consigo mesmo e com o outro, aprendendo sobre a importância das relações interpessoais para o nosso cotidiano.


Puderam então se conhecer um pouco mais, falamos sobre a importância do AUTOCONHECIMENTO e de como melhorar e/ ou desenvolver a AUTOESTIMA!

 

Aprenderam sobre a eficácia da boa comunicação.
Ferramenta essencial no manejo das relações interpessoais presente em qualquer ocupação, bem como na vida de cada um. 
Grande parte dos problemas que hoje enfrentamos, se dá devido as falhas e ruídos presentes na comunicação humana, geradores de muitos conflitos.


O que são conflitos, como identificá-los e como manejá-los adequadamente!
Liderança e Motivação também foram temas trabalhados em sala.
Mas pelo visto, motivação é o que não falta pra essa turminha linda e participativa.

Relaxaram!






Experienciaram momentos ricos de interação e troca com os demais colegas e, assim, iniciam o Curso mais preparados para lidar com suas próprias dificuldades, compreendendo mais de si e do outro, pessoa presente e importante em nossas vidas!

Se disponibilizaram, se mostraram!
Trouxeram um pouco de si para sala de aula, de forma leve e livre!

Desataram NÓS!




Cantaram!



Me encantaram!



Dramatizaram!


Poetizaram!




Puderam, a partir dos conteúdos ministrados, refletir suas suas vidas, suas relações, seu trabalho, seu mundo!

E para este grupo... 
"nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia..." 
como diz Lulu Santos.


"Todo viver verdadeiro é encontro"
(Martin Buber, 1958)




quinta-feira, 23 de março de 2017

VENCENDO O ESTRESSE NO TRABALHO

PALESTRA REALIZADA NA 
DIRETORIA DE EDUCAÇÃO DE ARACAJU (DEA) 
PARA OS SECRETÁRIOS DAS UNIDADES DE ENSINO


Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMG) - o estresse pode ser considerado a “epidemia do século”.
É a resposta do corpo a qualquer demanda, quando forçado a adaptar-se à mudança.
É um componente da vida moderna e está cada dia mais presente, muitas vezes é um aliado na superação de desafios, mas cronicamente, pode causar danos importantes  para a saúde física e mental.
Sabemos que os profissionais da educação estão entre as categorias mais atingidas pela Síndrome de Burnout - o estresse ocupacional crônico. 




Matéria na íntegra




sábado, 18 de março de 2017

GRUPO TERAPÊUTICO

A Arte como Caminho

“O grupo terapêutico é o lugar marcado ou o lugar do encontro marcado entre meu self, meu eu e meu mundo”
Ponciano Ribeiro



"Tanto na arte como na terapia manifesta-se a capacidade humana de perceber, figurar e reconfigurar suas relações consigo, com os outros e com o mundo, retirando a experiência humana da corrente rotineira e por vezes automática do cotidiano, colocando-a sob luzes novas e estabelecendo novas relações entre seus elementos, misturando o velho com o novo, o conhecido com o sonhado, o temido com o vislumbrado, trazendo assim novas integrações, possibilidades e crescimento"

Selma Ciornai

Após acolhimento ao grupo 
foi solicitado que construíssem um crachá 
usando materiais diversos


Ao final
trouxessem em imagem
Como foi o encontro para cada uma?



“Trabalhar com grupos... O previsível e o imprevisível me gratificam. O controlável e o incontrolável me motivam. Mas é o resultado que me nutre e fortalece como gente”

Virgínia Filártiga

segunda-feira, 13 de março de 2017

A CLÍNICA EXPRESSIVA



"É com grande alegria que convidamos vocês para o workshop de 
de abertura do Espaço Gestáltico FloreScER.
Nossa convidada é Rosane Granzotto, referência mundial na Gestalt-terapia e autora dos livros: 'Fenomenologia e Gestalt-Terapia'; 'Psicose e Sofrimento' e 'Clínicas Gestálticas'. 
Rosane Granzotto realizará um mini-curso intensivo, teórico-vivencial, sobre a clínica expressiva, destinado à ampliação das possibilidades de intervenção terapêutica através da expressão artística e corporal. 

 O encontro ocorrerá nos dias 20 e 21 de maio 
(sábado das 8 às 19:00 e domingo das 8 às 14:00) 
e será certificado pelo Instituto Granzotto, de Santa Catarina."

Informações e inscrição pelo e-mail: espacogestalticoflorescer@gmail.com e telefones: (71) 9 9327-9335 (Bruna) e (71) 9 9327-9966 (Márcia).
Esperamos vocês!!


RELAÇÕES INTERPESSOAIS E COMUNICAÇÃO HUMANA

Disciplina ministrada na FANESE (Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe) nos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu de 

Neuropsicopedagogia
Estudos da Tradução, Interpretação e Ensino de Língua Estrangeira
LIBRAS: Tradução, Interpretação e Ensino
Ensino de Língua Portuguesa e Diversidade Linguística


"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós".
Saint-Exupéry

Informações e inscrições nos Cursos:
http://www.monicasoares.net/


sexta-feira, 10 de março de 2017

JORGE PONCIANO RIBEIRO EM SALVADOR/ IMPERDÍVEL!




"O cliente é um fenômeno, uma aparência pura e simples, e este é o primeiro e talvez o mais importante momento no e do processo terapêutico. Ele é ele, pura e simplesmente. Este momento inicial do encontro é de suspensão de qualquer pré-saber. Cabe a ele, primeiramente, o desvendar para si do mistério de sua totalidade, depois para o terapeuta. O fenômeno é a totalidade vista, observada e sentida aqui-agora. [...] O terapeuta é um facilitador deste processo relacional, nada mais que isso".
(RIBEIRO, 2006. p. 121)